O PAPEL DO ESTADO NO DESENVOLVIMENTO DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE ESTÍMULO AO EMPREENDEDORISMO INOVADOR

Autores

  • Renata Capriolli Zocatelli Queiroz Faculdades Londrina
  • DAVI MANCEBO COUTINHO FERNANDES
  • PEDRO ARCAIN RICETTO Universidade de Oxford

Resumo

A popularização da internet revolucionou as relações sociais. Trouxe impacto na forma em que o indivíduo vive, trabalha, estuda, relaciona-se e empreende. A tecnologia potencializa o empreendedorismo inovador, o que resulta no aumento do número de startups no mercado. A pesquisa foca no papel do Estado no desenvolvimento de políticas públicas de estímulo ao empreendedorismo inovador. Investiga se o Estado é um vetor de impacto direto no ecossistema inovador e quais ações podem ser realizadas para potencializar o ecossistema de inovação. Utilizou-se o método de revisão literária, pautado na construção teórico-científica, fazendo um recorte estudo de caso do Vale do Silício. Concluiu que é inquestionável a relevância da atuação estatal e acadêmica para impulsionar um ambiente de inovação, maximizando as potencialidades da iniciativa privada, tornando ilhas isoladas de genialidade em rios caudalosos e com força motriz para alterar toda a realidade econômica e social de determinada localidade. No Brasil a contribuição do estado para o desenvolvimento de um ecossistema de inovação saudável ainda é tímida, pois, além da atuação legislativa/regulatória, é essencial que o Estado atue diretamente como agente catalizador da inovação, tanto a partir do investimento maciço em pesquisa, até mesmo como consumidor de produtos de alta tecnologia.

Biografia do Autor

Renata Capriolli Zocatelli Queiroz, Faculdades Londrina

Advogada. Professora Convidada na Faculdades Londrina, Londrina (PR/BRASIL), Pós-Doutoranda na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo – FDUSP, renataczqueiroz@gmail.com.

 

DAVI MANCEBO COUTINHO FERNANDES

Advogado, Consultor do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), especialista em direito civil e processo civil pela Universidade Estadual de Londrina (UEL),.davifernandes@ibict.br

PEDRO ARCAIN RICETTO, Universidade de Oxford

Universidade de Oxford, Oxford (UK), Doutor em Direito Público pela Universidade de São Paulo, pedro.arcain@bsg.ox.ac.uk.

Downloads

Publicado

2024-01-05